Algodão que se perde no campo, de Frank Stanford

frank_stanford

Algodão que se perde no campo, tradução por Mariana Ruggieri

Um pouco de uísque ruim
que eu tomo sozinho
igual você
quando esse vento
venta esse vento
no vão do delta
onde um aparelho de audição
perdido pode ser tomado
por uma larva gorda
quando as constelações negras
te fazem nadar para trás
em círculos de sangue
meninos de estábulo estragam suas mãos
por algum tempo
e um homem que nenhum de nós
pode viver sem
quebra o pescoço
pulando algum morro
perseguindo a raposa
de um quartilho
e um cavalo sangue bom
é libertado de sua angústia
mesmo as jovens irmãs
dos meninos com quem corremos
nós daríamos os nossos dedos
para tocá-las de novo
mas essa guerra
se infiltra em nós
pequeno inseticídio
e os grilos brancos daqueles dias
se desenroscam do anzol
não existem mais peixes
não existe mais isca
os rios são formados pelas lágrimas de fãs esportivos
tentamos derramar um rastro de sal
a desenhar um longo fusível
com um barril de pólvora
tentamos nadar para longe da quadra
como lesmas com guelras
as meninas da outra escola
saltam do ônibus
as nuvens tomam seu peso no gin
há um padrão em tudo isso
como a trama de uma saia
enlouquecemos todos olhando

*****************************
Cotton You Lose in the Field, de Frank Stanford

Some bad whiskey
I drink by myself
just like you
when this wind
blows as it does
in the delta
where a lost hearing aid
can be taken
for a grub worm
when the black constellations
make you swim backwards
in circles of blood
stableboys ruin their hands
for a while
and a man none of us
can do without
breaks his neck
jumping over some hill
chasing the fox
of a half-pint
and a fine-blooded horse
is put out of its misery
even the young sisters
of the boys we run with
we would give our fingers
to touch them again
but this war
seeps back into us
little insecticide
and the white cricket of those days
drags itself off the hook
there are no more fish
there is no more bait
the rivers are formed by the tears of sports fans
we try to pour a trail of salt
as if making a long fuse
with a gunpowder keg
we try to swim away from the gym
like slugs with gills
the girls from the other school
step off the bus
the clouds are weighed in at the gin
there is a pattern to all this
like a weave of a skirt
we all go crazy from looking

Anúncios